sexta-feira, abril 25, 2008

Humilhação



Foto de Vitor Nunes


Humilhação


Jogaram meu chapéu na lama
e desci da calçada

Construíram um muro de mil atrocidades
e explodi uma bomba no ônibus

Plantaram combustível por todo lado
e alimentei meus filhos com meu fogo


3 comentários:

Camila disse...

Dê!
O seu blog é lindo!
Parabéns pela criatividade!
Beijos.

Anônimo disse...

Denise,
O Blog é muito bacana!
Ao lêr ese poema, me sentí na casa do aluno discutido hoje!!!
Um beijo
Pat

Carlinhos disse...

Olá, Denise!
Quem escreve é o Carlos, namorado da Débora que trabalha no CEI do Alana.

Fiquei muito admirado com sua poética. Não li todas as postagens, mas, das que li, gostei muito. Em especial desta poesia "Humilhação".

É engraçado como a literatura nos atinge. Por mais que este poema seja pequeno, ele é singelo, muito poético, crítico, de uma sensibilidade admirável. E me impressionou bastante. Gostei muito!

Vejo que sua produção literária é focada na poesia. Mas, você também escreve prosa? Romances? Contos?
É que eu participo de uma Oficina Literária pelo Orkut que é muito bacana. Lá, aprendo muito. Só que o foco é a produção de contos. Se tiver interesse, fale, que te passo o endereço.

Mais uma vez, meus parabéns pelo sua produção. Abraço.