segunda-feira, junho 30, 2008

Vindouro

Foto de Vasco Oliveira

Vindouro


Das folhas verdes
não vemos o inverno
Folgamos livres
de pesar ou temor

O destino
é um canteiro de obras
Sem aviso
ou contra-mão

Sobre a lápide estreita
coberta de flores
jaz a primavera
jurada de vida
.
.

Um comentário:

Ricardo Rayol disse...

o destino está sempre em obras... nem sempre "termináveis" como a primavera terminal.